3 razões para você aprender (ainda hoje) a programar em Python

Valeria a pena começar imediatamente a aprender Python?
3 razões Python

Uma das linguagens mais simples e recomendada para quem está iniciando na programação é o Python. Ela é a preferida de muitos não apenas pela simplicidade, mas também pelo cenário tecnológico que vivemos, pela versatilidade, pelas oportunidades e a projeção do mercado para o futuro.

Algumas características da linguagem Python são:

# é uma linguagem de programação interpretada, ou seja, o código fonte nessa linguagem é executado por um programa de computador chamado interpretador, que em seguida é executado pelo sistema operacional ou processador;

# é dinâmica, pois consiste em preservar o desenvolvedor de especificar o tipo de dados de uma variável, atributo ou retorno de método;

# robusta e multiplataforma;

# está preparada para rodar em JVM e .NET;

# multi-paradigma, ou seja, um mesmo programa pode ser feito utilizando paradigmas diferentes (orientação à objetos, funcional, refletiva ou imperativa), ou um único programa pode ser criado utilizando mais de um paradigma de programação.

Cada vez mais as empresas tendem a contratar desenvolvedores especialistas em Python, principalmente startups, que buscam eficiência, produtividade, agilidade, e qualidade que a linguagem proporciona.

Um dos requisitos para trabalhar no setor de desenvolvimento de empresas inovadoras como o Google, YouTube, Disney, IBM e Spotify é saber programar em Python, você sabia?

Além de todos esses motivos, por que recomendamos fortemente que você aprenda esta linguagem, principalmente se está começando? Bem, veja pelo menos 3 razões:


Sintaxe intuitiva e de rápido aprendizado!

aprendizado-python

Muitas linguagens possuem um exagerado sistemas de regras, o que muitas vezes torna a aprendizagem lenta e desgastante para o programador. Com o Python não acontece isso.

Como falamos anteriormente, é uma linguagem simples, intuitiva, que apesar de ser de alto nível, requer menos código para concluir tarefas básicas quando comparamos a outra linguagem. Quanto menos código existir na aplicação que estivermos desenvolvendo, menor a chance de errarmos também, não é mesmo?

Quem começa a programar em Python rapidamente estará desenvolvendo programas complexos e robustos! A curva de aprendizagem é suave, e como se trata de uma linguagem que pode ser usada para diversos fins, em pouco tempo seus objetivos se concretizarão!

Aprendendo o básico de Python, você estará apto a desenvolver:

# Sistemas Web com DJango ou Pyramid, entre outros frameworks web;

# Aplicações multiplataforma com Kivy;

# Jogos com PyGame;

# Interfaces gráficas com Tkinter ou PyQT;


Bibliotecas e comunidade

comunidade-python

Por ser uma linguagem de script de código aberto, há uma base de conhecimento ampla consolidada por programadores muito experientes a anos no mercado, o que possibilita muito conhecimento e aprendizado a quem está iniciando.

Você sabia que 10.5% das visualizações mensais do StackOverflow são em tópicos relacionados à Python?

Existem mais de 130 mil bibliotecas disponível para Python, o que torna a linguagem muito útil para propósitos específicos, desde o tradicional desenvolvimento web, ou processamento de imagens, até tecnologia de ponta, como Inteligência Artificial, Machine Learning e Deep Learning.

Você consegue fazer muitas aplicações de diferentes naturezas usando uma linguagem, e isso é uma das coisas que (pessoalmente) me chama mais atenção no Python.


Mercado de trabalho

De acordo com a última pesquisa que fiz, o Python está atrás apenas de Java e C++ nas linguagens de programação mais implementadas em projetos.

Embora o mercado brasileiro ainda não tenha despertado totalmente para a versatilidade e rapidez que o Python proporciona, as possibilidades de trabalho remoto no exterior são incríveis!

Uma pesquisa feita analisando as vagas disponíveis no site indeed nos Estados Unidos mostra que as vagas Python estão na segunda colocação em remuneração. E como muitos especialistas apontam, é só questão de tempo para o mercado nacional disponível para os Pythonistas crescer. E quando isso acontecer, é muito importante que você esteja preparado!

Se programar em Python está entre as profissões do futuro, o presente já mostra como é grande a demanda por profissionais especializados e sinaliza que agora é a hora para se capacitar e começar a usufruir dos benefícios dessa linguagem.

Luís Nogueira

Luís Nogueira

Programador viciado em aprender coisas novas e especialista em desenvolvimento Web, apaixonado pelas tecnologias e stacks back-end, front-end e mobile, é fundador e CEO da Feature Code, com o objetivo de divulgar e agregar conhecimento a todos da área.

Comentários