Mercado de tecnologia e programação prestes a entrar em colapso por falta de profissionais!

Entenda o motivo por trás da dificuldade das empresas brasileiras de contratarem e manterem profissionais de TI em seu time e o motivo dessa dificuldade só aumentar
mercado tecnologia colapso

Você pode estar por dentro (ou não) do cenário de profissionais de tecnologia em nosso país. De acordo com certos dados levantados por grandes sites como G1, Yahoo e Canal Tech, o Brasil está com uma carência na casa dos centenas de milhares de profissionais que dominem uma ou mais subáreas tecnológicas.

Isso abre um grande número de oportunidades, principalmente se você já está na área de programação. Mas mesmo que ainda não esteja, iremos te mostrar como você pode ingressar nela caso sinta vontade.

A procura por desenvolvedores cresce a cada momento. Entre as demandas identificadas está de programadores com domínio de Java, os devs Full-Stack, mobile e muitas outras áreas dentro da tecnologia da informação.

O melhor de qualquer uma dessas subáreas é que você consegue se profissionalizar nelas em pouco tempo
(se você comparar com outras áreas tradicionais, como direito, medicina por exemplo).

Não precisa de faculdade para se tornar um bom programador hoje em dia. A grade curricular das faculdades não acompanha nem de perto o rápido progresso feito na tecnologia nos últimos anos.

Isso cria a necessidade do profissional de TI procurar outras formas de aprender o necessário para se posicionar bem no mercado de programação. Formas mais rápidas, melhores, muito mais assertivas e alinhadas com o que o mercado precisa e exige de novos profissionais,

Dependendo da sua dedicação aos estudos e tempo, bem como velocidade de aprendizado, você consegue com o direcionamento correto aprender em 4 ou 6 meses e já começar a aplicar para vagas como desenvolvedor júnior!

Nesse artigo, eu vou te mostrar pelo menos 3 razões pela qual você deveria considerar fortemente a possibilidade de conhecer melhor esse mundo fantástico de tecnologia da informação e participar desse crescimento e potencial que o mercado está tendo e que só irá aumentar.

O mercado brasileiro encontra-se em ascensão

Você deve saber que existem países de primeiro mundo (com economias sólidas e consolidadas), como é o caso dos Estados Unidos.

Nesses países, existem muitas empresas grandes ou com diversas possibilidades de aquisição de capital e crescimento exponencial sem grandes dificuldades.

Já aqui no Brasil a situação é diferente.

Como vivemos em um país emergente (ou seja, em crescimento econômico), somos alvos de muitos olhares estrangeiros que veem no Brasil muitos problemas ainda não resolvidos pela tecnologia.

Isso faz com que surjam aqui muitas startups, fintechs, dentre outros negócios que tem como o produto final uma solução tecnológica.

E o que acontece quando investidores do mundo inteiro olham para esse cenário extremamente promissor, com tendência de valorização, e colocam capital (em moedas fiduciárias bem mais fortes que a nossa, como dólar e euro) em nosso humilde país com pouco (quase nenhum) incentivo para áreas tecnológicas?

O cenário atual de déficit de profissionais! Foi o que aconteceu com uma grande fintech que recebeu um caminhão de dinheiro internacional e que não teve outra escolha a não ser adiar os prazos de entrega das soluções que lhe foram pedidas: o Nubank.

De acordo com a Exame, a falta de profissionais em TI pode chegar a 70 mil anuais, e isso seria péssimo para a economia de nosso país.

Porém, com esse cenário difícil para as grandes empresas, surgem oportunidades para diversos brasileiros insatisfeitos com sua carreira atual e desejosos de mudanças que até então nunca consideraram mudar de área (pela revoltante falta de incentivo cultural e educacional de nosso país).

Com salários iniciais de 3 a 4 mil reais, uma carreira como desenvolvedor de software pode ser algo extremamente viável para a maioria de brasileiros que ainda não estão certos de qual rumo tomar na carreira.

E o lado bom dessa carreira não para por aí.

Vamos ver ainda mais benefícios de se tornar um desenvolvedor de software ou programador nos dias de hoje.

Você pode trabalhar em qualquer lugar do mundo

Uma vez que você domina uma stack de desenvolvimento (ou seja, entende tudo que é necessário)
para fazer um projeto inteiro (ou seja, um programador full-stack) ou uma parte desse projeto e sabe trabalhar
bem com as outras partes dele (ou seja, um programador front-end ou back-end, devops, banco de dados), dentre outras possibilidades, você consegue trabalhar em qualquer projeto de qualquer lugar do
mundo
que você quiser.

Claro, o idioma pode ser uma barreira, uma vez que quase todas as equipes internacionais tem o inglês como idioma base de comunicação entre os desenvolvedores.

Mas uma vez que você quebra essa barreira do idioma e com o tempo aprende o inglês, pronto… o céu é o limite para você!

Você ganha uma gama extremamente alta de projetos para se trabalhar (muitos deles nem exigem que você se mude, você consegue trabalhar em home-office), e você só fica desempregado se quiser!

E lembra que já citei que existem moedas mais fortes que o real (praticamente todas)?

Pois bem, isso pode ser uma vantagem para quem trabalha em projetos internacionais e ganha em moedas mais fortes.

As empresas de fora estão cada vez mais interessadas em contratar programadores brasileiros pra justamente tirar vantagem desse abismo cambial que existe entre as moedas.

Eles conseguem pagar um pouco menos para um bom desenvolvedor, entretanto, com uma moeda muito mais forte, o que fica bom pros dois lados e péssimo para as empresas brasileiras que pagam em real.

Isso aumenta o desafio de nossas empresas manterem um programador de alto nível trabalhando em projetos nacionais.

Porém, gostaria de abrir um parêntese e lhe lembrar: você não precisa aprender inglês pra aprender a programar!

A maioria das documentações-referência, conteúdos de qualidade, bem como a base da esmagadora maioria das linguagens de programação atualmente são em inglês, e uma familiaridade com o idioma pode te fazer chegar mais rápido onde você quer.

Porém, isso não deve ser algo bloqueante para você.

Você pode e deve começar a estudar com as habilidades que você tem agora, usando e abusando do Google tradutor, e depois com o tempo e a necessidade, você vai aprendendo o inglês (se você quiser).

E então, você ganha ingressos valiosos para trabalhar em qualquer lugar do mundo, morando fora ou em seu próprio país!

E isso nos leva a terceira (excelente) vantagem para se aprender a programar.

A área de TI te permite virar um nômade digital

Já pensou como seria legal viajar o mundo enquanto trabalha? Isso é perfeitamente possível, e um sonho que a medida que você vai imergindo mais na área, ele fica mais perto.

Tudo que você vai precisar para trabalhar em projetos de programação, por exemplo, é acesso a internet e um computador ou notebook.

A maioria das empresas adotam um regime home office, o que te permite trabalhar de onde
você quiser.

Se quiser trabalhar enquanto viaja, conhecendo novos lugares, tudo isso é perfeitamente possível (e na minha opinião, MUITO recomendável)!

Eu já tive oportunidade de conhecer alguns devs que fazem isso… eu sei que isso parece um sonho distante da realidade de muita gente que ainda está fora da área de TI ou no começo dela.

Mas quando você vai ganhando mais experiência, fica muito mais palpável esse sonho!

E quando você une esse benefício de virar um nômade digital ao de trabalhar em projetos internacionais e ganhar em dólar, tudo isso fica ainda mais interessante!

No vídeo abaixo, eu explico em detalhes, com muitas pesquisas feitas em sites confiáveis, o por que você deveria considerar seriamente a possibilidade de entrar na área de programação o quanto antes!

Caso você já tenha decidido que é isso que você quer, e deseja dar um passo a mais e poupar tempo em seus estudos, podendo contar com um cronograma completo e organizado para te ensinar do zero o que você precisa para ser um desenvolvedor de software full-stack, um dos mais desejados do mercado, vale a pena você conferir a Formação de tecnologia voltada para a web full-stack em Javascript completa!

Está em promoção e pela qualidade do treinamento, está valendo muito a pena!

Basta clicar na imagem abaixo e conhecer!

Se você gostou do conteúdo, comente abaixo como você está procurando se profissionalizar nesse mercado e aproveitar todos os benefícios que uma carreira na área de TI pode lhe proporcionar!

Luís Nogueira

Luís Nogueira

Programador viciado em aprender coisas novas e especialista em desenvolvimento Web, apaixonado pelas tecnologias e stacks back-end, front-end e mobile, é fundador e CEO da Feature Code, com o objetivo de divulgar e agregar conhecimento a todos da área.

Comentários