Mercado de trabalho para programador Python

Como está o mercado para desenvolvedor Python no Brasil e no mundo? Saiba agora se ainda vale a pena se esforçar em aprender a linguagem!
python importancia

Você sem dúvida já deve ter ouvido falar dos muitos benefícios de se aprender Python, e deve estar bem ciente do que dá pra fazer com essa linguagem versátil.

Caso ainda não tenha se dado conta de por que todo mundo recomenda tanto essa linguagem, veja este artigo que lhe mostrará 3 razões para se aprender python.

O que chama atenção de boa parte dos desenvolvedores sobre essa linguagem de código aberto é a praticidade, simplicidade, a curva de aprendizado mais suave e amplas bibliotecas e comunidade.

Muitas grandes empresas nacionais e internacionais já usam Python em seus projetos, como Netflix, Google, IBM, Spotify, Globo.com e Mercado Livre.

Esta linguagem está se tornando tendência para muitos profissionais em tecnologia, muito pelo envolvimento dela em áreas em ascendência, como machine learning e dados.

Nesse artigo, irei focar no cenário nacional e internacional dessa linguagem. Vai entender bem quando e por que você poderia considerar aprender Python, como está o mercado de trabalho para programação nessa linguagem e as diferentes formas que você poderia monetizar o seu conhecimento em Python.

Se você está procurando uma linguagem de programação para começar, ou está em dúvida se deve ou não aprender Python por achar que não vai ter emprego, leia com muita atenção e mente aberta este artigo, e depois me diga lá nos comentários se lhe ajudou de alguma forma! 😉


Cenário internacional de Python

Em questão de popularidade, de acordo com uma pesquisa feita pelo site Tiobe, o Python só perde para 2 linguagens bem mais velhas e famosas que ela: Java e C.

Segundo o Github, maior repositório de programadores do mundo, o Python ocupa o terceiro lugar entre as linguagens mais populares da plataforma, e de acordo com uma pesquisa feita pelo Stack Overflow, o Python ganhou a pesquisa de linguagem mais amada pelos programadores.

Em questão de rapidez e crescimento em um curto período de tempo, ninguém ganha do Python. Isso se deve a muitos fatores, como o número de projetos que se pode fazer usando essa linguagem, a versatilidade, rapidez, robustez, e por aí vai!

A média salarial de um programador Python nos Estados Unidos gira em torno de USD 110.000 por ano. Mas claro que isso depois de muito tempo de experiência e estamos falando do País que remunera melhor os programadores.

Atualmente, os seguintes mercados usam Python:

# Jogos

# Machine learning

# Big Data

# Sites

# Sistemas

e muito mais!

Sim, as pessoas ao redor do mundo estão se dando conta cada vez mais do potencial dessa linguagem multiuso.

Uma das maiores provas da popularidade do Python no mundo é a gigante comunidade em torno da linguagem. Fóruns, repositórios no Github, assuntos no Stack Overflow, e outras plataformas, provam o imenso apelo e potencial da linguagem no exterior e como veremos agora, em nosso próprio país.


Cenário nacional de Python

python brasil

Em relação a outras linguagens mais antigas e já consolidadas no mercado, o Python pode ser encarada como uma linguagem em ascensão.

Ela está em constante crescimento, e é natural que assim como a maioria das tecnologias essas tendências demorem um pouco mais a chegarem no Brasil.

De acordo com um grande site de busca de vagas, o Indeed.com, em meados de setembro de 2014, a procura por profissionais com conhecimento em Python era bem modesta: apenas 8% das vagas exigiam capacitação na linguagem.

No entanto, veja como o cenário mudou em apenas cinco anos! Em 2019, o número subiu para 18%, bem próximo do Java, com 20,8% e do SQL, com 21,9% (duas das linguagens com mais ofertas de emprego no Brasil).

Em nosso País a demanda por profissionais nessa área só cresce! Os desenvolvedores Python estão na parte de cima do ranking de mais requisitados, com uma média salarial de R$ 6,4 mil mensais.

Os maiores salários da área estão São Paulo, seguidos dos vizinhos Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Mas se você não mora nesses lugares, existem muitas maneiras de você monetizar o que você sabe de Python, e é isso que iremos falar no próximo tópico.


Como você pode ganhar dinheiro com Python

Esse questionamento é antigo. Conheço muita gente que afirma que o cenário de emprego não é bom para quem sabe Python, que nosso País não paga bem para programadores… realmente, analisando apenas desse ponto de vista, não deixa de ter um fundo de verdade.

Agora antes de você desistir dessa carreira, raciocina comigo: qual área de tecnologia realmente remunera bem em nosso país? Qual vaga de emprego na área de programação realmente paga um valor justo? Qual linguagem de programação está com vaga sobrando no mercado?

Em um País em crise, é difícil você se deparar com um cenário favorável, seja qual linguagem de programação você escolher. Então, a culpa não está no Python.

Mas você já deve ter ouvido que são nas crises que aparecem as melhores oportunidades, não é mesmo?

As inovações existem para resolver problemas, e independente da linguagem que você saiba e tenha domínio, seja ela Python ou qualquer outra, você terá ampla possibilidade de empreender usando seus conhecimentos.

E pense no mundo de possibilidades que dominar uma linguagem de uso quase universal como Python pode te trazer!

E se você mesmo sabendo disso quiser trabalhar em alguma empresa com seus conhecimentos, o que lhe impede? Se as vagas aqui no Brasil não atende a seus requisitos, em número ou em salário, procure lá fora… por que não?

Python é uma das linguagens mais exigidas no mercado do exterior, e se você não quiser sair do seu país para aproveitar um salário em dólar, euro ou qualquer outra moeda que lhe interesse, experimente o home office!

Existem sites que conectam freelancers em todo mundo a vagas de emprego temporário e efetivo em diversas áreas, incluindo programação! Freelancer.com é um dos maiores, por exemplo, mas existem muitos outros. Basta fazer uma busca rápida no Google.

Você pode ser pago por projeto, por semana, por hora, ou qualquer outra maneira que você acorde com seu contratante.

Mas mesmo que você não queira empreender, nem se mudar pro exterior, nem esteja satisfeito com as vagas de emprego para programador Python aqui no Brasil, nem queira trabalhar remotamente… já pensou em aprender para depois ensinar o que você sabe?

Você pode fazer um curso de Python, depois que ficar avançado nessa linguagem, poderia se oferecer para ensinar presencialmente ou em cursos, escolas, faculdades, ou qualquer outro meio que você quisesse.

Então, você só está limitado pela sua criatividade! Não queira que o mercado se adapte a você, ou queira um mercado extremamente fácil e favorável pois isso não vai acontecer (pelo menos não em nosso país).

O Python já mostrou ser uma linguagem muito promissora, e é só questão de (pouquíssimo) tempo para ela chegar com força em nosso País.

Você estará preparado para isso?

Luís Nogueira

Luís Nogueira

Programador viciado em aprender coisas novas e especialista em desenvolvimento Web, apaixonado pelas tecnologias e stacks back-end, front-end e mobile, é fundador e CEO da Feature Code, com o objetivo de divulgar e agregar conhecimento a todos da área.

Comentários